sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Mais uma vez amor...

Gente... vim trazer boas notícias, descobri hoje que ninguém morre de amor... é só quase, temos a sensação de que nosso chão some, que nosso ar some... e que nosso coração parou de bater, e se bate, bate bem devagarinho... e pensamos também que ele nunca mais será o mesmo...
Mas... amor não mata... morremos de tiro, morremos de acidentes, podemos até morrer andando na rua e de repente um vaso despencando na nossa cabeça... mas NÃO o amor não mata.
Nosso coração não para... e nosso chão não some... no incio isso tudo soa muito teoria, mas é verdade.
A gente supera, porque ninguém no mundo é insubistituivel, e nenhum amor é pra sempre, não existe só uma alma gemea, isso é bobagem que a gente acredita, fazem lavagem cerebral na gente, e pensamos que tudo isso é verdade.
Mas nada na vida é eterno, o sofrimento, a dor, ela passa... com o tempo passa...
Passou comigo, vai passar com todos... não se esquece um amor indo embora de casa, escrevendo cartas, cortando o cabelo, não se esquece um amor procurando logo outro pra substituir, não se esquece um amor da noite pro dia, isso é um trabalho que requer um pouco de tempo e força de vontade...
Só sofre quem quer, só fica em casa de bode quem quer... A vida é linda gente, os sentimentos são lindos, o amor é lindo... o amor não faz sofrer DE JEITO NENHUM, o amor é rosa, é colorido, são todas as cores do arco-íris...
Então... eu optei por não sofrer... e queria que todos concordassem nisso comigo, que sofrimento não leva a lugar nenhum...
Se um amor acabou, não chore... sorria, por a vida te dar váriasss oportunidades de ser feliz, SEMPRE...


Dedico esse texto aos meus queridinhos que terminaram um namoro recentemente, e estão sofrendo... Não chorem meus pupilos... nem sempre a pessoa que choramos vale a pena...
esse texto eu dedico a vocês... Flávia, Aline, Marcella, Luana, Letícia e a mim mesma... e a todas as pessoas que não se dão a oportunidade de seguir em frente...



"O primeiro amor passou;
o segundo amor passou;
o terceiro amor passou;
mais o coração continua."
Carlos Drummond de Andrade

3 comentários:

Anônimo disse...

ainda bem que o amor nos sorri muitas vezes, você escreve com o coração, lindos textos, lindas palavras, que vc continue sendo essa pessoa iluminada sempre.

Fernando Christófaro Salgado disse...

É isso aí!!! Devemos nos valorizar e ter a consciência de que o amor só constrói! Se acabou é porque não era amor de verdade, não era pra ser! Realmente ninguém é insubstituível e sabendo disso novas portas sempre se abrirão, novas pessoas surgirão e novos aprendizados irão ocorrer.

Bjos e ótima semana pra ti!

Pâmzinha ♥ disse...

É verdade, aquele sentimento tão intenso, quando acaba, nos deixa com uma dor imensa, mas não chega a matar ! rs !

Aquii, meu orkut é :
http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=4982017566354356773